sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Broken _ Despedaçada ( Resenha )

Boa tarde leitores, final de semana chegou uhuuu, e vamos lá com mais uma resenha.
A resenha de hoje é do livro  Broken - Despedaçada , que veio direto de Portugal em parceria com a autora Tânia Dias.


Livro: Broken - Despedaçada
Autora: Tânia Dias
Gênero: Fantasia
Editora: Chiado
Nº de págs.: 402

SINOPSE:
Assumir o seu papel como líder não estava nos planos de Alexia White, mas quando a sua mãe perde a vida num terrível assalto ao castelo, ela vê-se sem opções.

Num mundo onde os fracos se distinguem dos fortes pelos dons que possuem, Alexia está no topo da lista e precisa de aprender a lidar com os seus dons se pretende recuperar Starnyz das garras do traidor. Ian Bealfire, um homem que exala arrogância e prepotência por todos os poros, parece disposto a ocupar o lugar de seu Mestre.

Há quem diga que a jovem está destinada a salvar o mundo mas despedaçada pelas perdas que sofreu. Assombrada pelas memórias do passado, será mesmo capaz de salvar o mundo, quando nem a si parece ser capaz salvar?


RESENHA:

Alex White é uma jovem princesa que ver seu mundo desmoronar depois que sua mãe fora assassinada. Como não bastasse só isso, a jovem ainda com o seu coração despedaçado teve que assumir o trono para ajudar o seu povo sem ter no mínimo alguma experiência para isso.

Com total inexperiência, mas com muita garra e força de vontade ela conta com a ajuda de Ian Baelfire , um garoto super misterioso que ajuda Alex a desenvolver seus dons , essa tarefa porém , não foi muito fácil para ele, quanto o mesmo imaginava, pois a princesa é do tipo durona e que não acha nem um pouco de graça de suas piadas mal contadas.
  
" A curiosidade sempre foi um defeito meu e eu sempre a abracara com carinho."

"Entrei na cozinha e esvaziei um cesto de maçãs para que o pudesse encher com comida."


Os dois passam a ter mais contato por conta dos treinamentos , já que Ian é o seu mestre, pois Alex tem que exercitar seus dons que vem do ar, terra, fogo e água esses quatros elementos da natureza (e também da vida e a morte) bem exercitados farão a princesa defender seu castelo dos ataques que estão por vir.
Além de aprender sobre esses dons, ela também precisa lidar bem com os feitiços, pois precisará deles para se defender.

" O seu rosto estava agora calmo e suave, não aparentava a normal sombra de mistério e os olhos dele brilhavam sempre que a luz do Sol lhe iluminava o rosto."

Todas essas tarefas não foram fáceis  para Ian, pois a personagem é uma princesinha muito mimada e dona do seu próprio nariz com um gênio daquelessss, e o coitado claro, levou muitas patadas rs, rs.
Mas o que me encantou em Alex foi o amor que ele teve para com o seu povo, o  imenso amor pela sua mãe e também pelos animais, sim, nesse livro tem um cachorrinho super fofo , o Tushi.


Apesar de Ian irrita-la bastante, surge um sentimento entre os dois meio que confuso para uma das partes, mas que aos poucos vai ficando mais forte. Ian , além de ser mestre, é o seu super protetor, estando por perto em todos os momentos de perigo da princesa.

" Alguns demónios perseguem-nos sempre."

Mas o que vemos no decorrer da história é que Alex amadureceu bastante  e apesar do final ser inesperado, fico no aguardo do que irá acontecer com Ian e Alex no próximo livro.
Para quem curte fantasia, esse livro é um prato cheio. Aventuras não irá faltar aqui. Superação , perdão, e sobretudo força e poder é o que vemos nessa obra.

"... Era o meu primeiro beijo mas também, de certeza, o mais triste que teria na minha vida."

Gostou do livro? Curte fantasia? Digam se essa capa não está um escândalo de linda??!
Então entra em contato com a autora Tânia Dias AQUI e adquira o seu.
Muito obrigada a autora pela oportunidade de ler o livro, e conhecer um pouco o Português de Portugal.

Deixo vocês com o book trailler do livro:


Ah , também já teve encenação do livro da autora  interpretadas pela Compainha de Teatro PALABAR , essa é a parte 1, vocês podem ver as outras partes no you tube.



Bjocas , bom fim de semana para quem vai descansar, porque eu não vou, snif, e até a próxima resenha.


sexta-feira, 3 de novembro de 2017

Insular ( Resenha )

Boa tarde queridos leitores, hoje trago uma resenha do terceiro livro do autor Leonardo Galvão.
Insular é o seu novo livro e te convida a mergulhar nessa misteriosa aventura, não é um daqueles livros de  terror pesado, é apenas uma mistura de magia com sobrenatural.


Livro: Insular
Autor: Leonardo Henrique Galvão
Editora: Editora  4Letras
Ano: 2017
Nº de págs.: 194

SINOPSE:


Um tesouro pirata, banhado a sangue e sofrimento, foi escondido em Ilhabela. Cinco pesquisadores partem para esta paradisíaca ilha do litoral norte de São Paulo em busca do Tesouro do Sombrio. Mas a misteriosa Ilhabela não revelará seus segredos facilmente, testará cada um deles para mostrar que todo homem é uma ilha. Passado e presente se misturam nesta empolgante e misteriosa aventura!
RESENHA:
A história é ambientada em Ilhabela e se passa em tempos distintos : século XIX  e 2017/2018.
Num quiosque nosso protagonista Cezar espera um conhecido seu para ajuda-lo no projeto da busca ao tesouro escondido, o Tesouro da Trindade.

Carlos, o convidado de Cezar, apesar de morar na ilha por muito tempo, sentia que ali não era seu lugar e tudo o que ansiava era se destacar em seu trabalho de jornalismo tendo um bom reconhecimento.

De inicio Carlos ficou com receio em ajudar o amigo, pois apesar de conhecer bem a ilha, os mitos e lendas que eram contados por muitos moradores eram assustadores, porém Cezar não acreditava muito nessas coisas. Enfim, acabou aceitando o convite, pois era uma oportunidade de se destacar em seu trabalho como jornalista.

"  As belas paisagens podem ocultar perigos terríveis."


Havia uma segunda convidada para essa aventura que era Laura, uma geóloga que especializou-se em Nesografia, a ciência que estuda as ilhas. Essa viagem então seria perfeita para as suas "pesquisas". Na sua adolescência sofreu bullying por ser gordinha e usar óculos , mas  após adulta se transformou numa mulher bastante sensual, apesar de não ter superado bem os traumas do passado.

Nessa perigosa aventura embarcaram Cezar, Laura, Beto e Márcio, mal sabiam os horrores que lhes aguardavam nessa misteriosa ilha.
Todos os personagens foram bem construídos cada um com sua particularidade, cada um com sua história.

Caminhando por entre trilhas de muitos verdes e águas , após chegarem à uma pedra onde tinha o símbolo  G.M e o coração que indicava que eles estavam no caminho certo, um arrepio tomou conta de um deles e à partir daí começaram a acontecer muitas coisas sinistras e inesperadas.

" Era engraçado perceber como são boas as coisas do dia a dia quando não  se as  tem. O valor de cada cobertor, cada xícara de café quente, cada gota do chuveiro e as toalhas macias no banheiro."



Nesse livro Leonardo Galvão nos leva a um universo de piratas , magia e sobrenatural , uma mistura de ficção com realidade.
Muitas aventuras e até batalhas são travadas nessa jornada tanto em alto mar como também em terra firme.

Mistérios, segredos , revelações , magia  e coisas completamente sinistras e inusitadas podem ser vistas em Insular, não só isso, mas também alguns elementos surpresas que irão deixar o leitor de queixo caído, principalmente no final.

Estar à bordo desse livro é viajar em alto mar com os personagens sentindo o perigo rondando a todo momento, explorando junto com eles toda a beleza da ilha e todos os seus mistérios  também .


Esse é o terceiro livro de piratas que leio do autor e só posso dizer que enriqueci meus poucos conhecimentos sobre piratas.

" As bocas dos canhões do Joya cuspiram fogo. Imediatamente os canhões do negro navio pirata responderam ao ataque."

Recomendo a todos que gostam de uma boa aventura mesclada de piratas , muitas lutas com espadas, ilhas desertas, mistérios sobrenaturais , tesouros escondidos e boas surpresas.

Espero que tenham gostado da resenha e se gostaram e querem se aventurar com essa obra em busca do tesouro perdido , deixo o link de compra  AQUI  só cuidado com as misteriosas águas ,as trilhas escorregadias e as criaturas e piratas que podem surgir a qualquer momento! Boa leitura marujos !!

 Termino essa resenha deixando vocês com o booktrailler do livro, confiram:



" Não há mundos. Apenas ilhas."
                                 (Jacques Derrida)

P.S. Preciso reservar um cantinho na minha estante, só com os livros do Leonardo e com piratinhas decorando claro, porque com certeza virão muitos livros por aí!!  como diz o ditado: Aguardem e Confiem , bjos.

sexta-feira, 27 de outubro de 2017

Nosso Lugar ( Resenha)

Boa tarde amorecos, a resenha de hoje é especial, de uma autora parceira nova aqui do blog e com um talento para a escrita inexplicável, se tratando de ser seu primeiro livro publicado, sim porque ela tem outros escritos e tenho certeza que chegará longe. O livro é Nosso Lugar de Letícia Alves.

Livro: Nosso Lugar
Autora : Letícia S. Alves
Editora: Metta
Ano: 2017
Nº de págs.: 341

SINOPSE:

Nosso lugar não é uma história de amor comum. Não é apenas sobre Amélie Haywood e Henry Montgomery. É sobre perdas e encontros. Sobre dor e felicidade. Reencontros com o passado e anseios para o futuro. É sobre o quão próximo a tristeza está da felicidade. Uma história sobre família e amigos. Sobre confiança e amor próprio. Uma história sobre decisões que precisam ser tomadas, mesmo que corra o risco de partir o coração de alguém. Nosso lugar é sobre encontrar a si mesmo. Sobre aprender a amar e a aceitar as escolhas alheias. É sobre encontrar seu lugar no mundo. Ou no coração de alguém.

RESENHA:

Amélie é uma jovem que perdeu sua mãe muito cedo, vive com seu pai e sua madrasta.
Tudo ia razoavelmente bem em sua vida até o falecimento do ex esposo de sua madrasta , onde sua filha teve que ir morar na casa de Amélie, ocupando o lugar dela na casa, sendo a mesma obrigada a ceder o seu quarto e dormir no porão.

Desesperada com toda essa situação, Amélie saí sem rumo, sem destino, e se depara com um armazém que na verdade é uma ONG para deficientes visuais, ela entra ali e nem  mesmo sabe porque entrou, sem respostas para as indagações que fizeram lá, diz que foi para ser voluntaria do local.

Depois de algumas horas na ONG, resolve ir para casa e na saída se depara com um garotinho chamado Timmy, ele tem deficiência visual e está sozinho. Ela resolve sentar e conversar um pouco com ele, assustado, mas logo começa a se abrir com a moça formando ali um lindo vínculo de amizade.


Logo chega para buscá-lo o seu irmão mais velho Henry Montgomery, que não gosta nada do que ver, pois nunca viu aquela moça por ali. Os dois se conhecem e é á partir dai que começa melhor o desenrolar da história.

Henry Montgomery No começo achei o personagem meio durão, mais depois vi que ele é um crush daquelessss. Garotadas de plantão que gosta de um crush literário, se preparem para se apaixonar por Henry, seu jeito misterioso com as palavras e ao mesmo tempo carinhoso de ser , vai fazer seu coração bater mais forte.

" Arrependimento. A vida é cheio deles, principalmente daquelas coisas das quais não fazemos. Das palavras não ditas. Dos abraços não dados. Das oportunidades perdidas...

O garotinho Timmy é a coisa mais fofa do mundo, dá vontade de pôr no colo e encher de beijinhos, principalmente quando ela estar lendo O Pequeno Príncipe para ele, a afinidade e o laço forte que se formou entre eles em poucos dias é maravilhoso, pois ela passa a ser voluntária mesmo da ONG, passando a maior parte do seu dia lá. Amélie com seu jeito atencioso e carinhoso de ser parece ser a fonte de água viva que Timmy precisa para encontrar forças e sobreviver.


Os personagens foram todos muito bem construídos tanto os principais quanto os secundários.
Não vou me aprofundar muito nos detalhes da história, spoiler podem escapar, e pode observar que nem na capa do livro tem spoiler, é uma surpresa a cada capítulo.

Me identifiquei bastante com a personagem no quesito relação pai/filha, me emocionei com algumas passagens, pois sei muito bem o que é viver sendo deixada no segundo plano ou melhor, você nem está encaixada nele, vivi isso com meu papis quando minha mãe faleceu.
Ler esse livro foi reviver um pouco do meu passado com flashbacks passando na memória.

O mais lindo nessa história é que apesar de tudo o que ela sofreu , enfrentou e aguentou foi por amor a seu pai e à memória de sua mãe. Sofria calada as provocações da madrasta e sua filha.O amor verdadeiro que ela sentia pelos seus pais e por Henry,  foi mais forte do que ela mesma.

" Às vezes , a eternidade está escondida dentro dos segundos que passamos com quem amamos".

A escrita da letícia é maravilhosa, é como você acompanhar a história, fazendo parte dela, e ao mesmo tempo que ler , te faz parar uns minutinhos e refletir sobre algumas coisas do nosso dia a dia, te levando a ter outra visão delas. No entanto, é também uma leitura leve e reflexiva.

De uma forma ampla e bem elaborada ela conseguiu abordar temas como bullying na escola ( o que eu achei super legal, pois vimos o que aconteceu esses dias em uma escola em Goiânia, e que na minha opinião esse tema deveria ser levado mais a sério, nas escolas principalmente), auto aceitação, amizade ,preconceitos, insegurança, o amor entre a família e mais um outro seríssimo que não posso comentar aqui agora, pois será debatido ano que vem aqui no blog.


A autora soube colocar drama, romance, suspense e até mesmo humor , cada um na dosagem certa, não deixando o livro pesado por conta dos temas abordados e cada frase foi encaixada perfeitamente no momento certo da trama como também na fala dos personagens.

O livro é um misto de sensações onde você chora, ri, senti raiva , vibra e torce para que tudo dê certo.
Acredito que a mensagem final desse livro  a qual a autora quis passar com a leitura da obra e a história em si, foi o cuidado que devemos ter com nossas palavras, o poder que ela exerce sobre nós e a forma que elas podem ser interpretadas. Tudo isso interligados aos temas abordados à cima.

"O problema das palavras é que depois que são ditas elas não podem mais voltar. As palavras se tornam livres para serem interpretadas de diversas formas. Da forma mais errada até a forma mais certa."

Amei a leitura e o que ela me proporcionou e super recomendo o livro . Uma história linda. E se preparem para o final do livro que é surpreendente e inesperado.
E digo mais , tem muitos autores nacionais excelente escondidos à sete chaves como um tesouro precioso e Letícia é um deles. Sei que não é fácil a vida de escritor no Brasil, mas quando se faz por amor o que se gosta, se vai longe, é só persistir e acreditar!


As páginas do livro são branca e na diagramação tem uma árvore em formato de coração bem fofinha que deu uma diferenciada no livro.
Para adquirir o livro você pode estar comprando AQUI por apenas 19,80 e o frete custa baratinho, baratinho, só 6,00 reais, isso mesmo 6,00 reais, ainda não vi um frete mais em conta do que esse? Se você viu ou ver algum frete mais barato do que esse por aí me conta tá, só não vale frete grátis rs,rs.

Está  também em eBook  na Amazon AQUI.

Bjocas e até a próxima!

quinta-feira, 26 de outubro de 2017

Vampiro: Um Livro Colaborativo e Antologia Sombria

Boa tarde galera!
Se alguém aí curti terror, trago uma dica super bacana de dois lançamentos que acontecerá nesse sábado dia 28/10 no Frederico Hostel.
Então se você é de Sampa e curti terror, compareçam  nesse evento ok?! A entrada é gratuita.
Tem um conto da diva Amanda Reznor que é parceira aqui do blog.
Confiram a Release e a programação completa abaixo:


Lançamento de coletâneas de horror movimenta o Halloween em São Paulo com festa gratuita.


            As fileiras da literatura de horror brasileira serão enriquecidas no próximo Halloween, com duas coletâneas de contos inéditos: Vampiro: Um Livro Colaborativo e Antologia Sombria. Ambas reúnem autores estreantes e veteranos de várias regiões do Brasil, e serão lançadas numa festa de Halloween aberta ao público. O evento acontecerá no dia 28/10/2017, das 10h às 22h, no Frederico Hostel (Rua Raul Pompéia, 579 - Vila Pompeia, São Paulo - SP).


As histórias foram criadas especialmente para as coletâneas, compondo dois panoramas que oferecem uma fascinante combinação entre o clássico e o renovador no universo do horror. As tramas ocupam as mais inusitadas paragens: de megalópoles contemporâneas até o Egito antigo, passando pelo Brasil das capitanias hereditárias e até um submarino. Os protagonistas, de todas as personalidades e nuances, fazem jus à tradição de um gênero que deu origem a vários dos personagens mais memoráveis da literatura.


Vampiro: Um Livro Colaborativo e Antologia Sombria serão lançados pela Editora Empíreo, que já publicou quatro projetos na mesma linha colaborativa -- entre eles, O Corvo: Um Livro Colaborativo (2015) e Desnamorados (2014). Criada em 2013 pelo editor Filipe Larêdo, a Empíreo já conta com 30 títulos publicados.
Enquanto Vampiro: Um Livro Colaborativo é uma iniciativa da própria Empíreo para celebrar os 120 anos da publicação de Drácula, de Bram Stoker (1897), a Antologia Sombria foi organizada pelo escritor e roteirista André Vianco, que estará presente no evento de lançamento.


A festa de Halloween Vampiro/Sombria será repleta de atrações, como: oficinas de live-painting e maquiagem de terror, mesa de RPG, micropalestra sobre literatura de horror, concurso de fantasias, livraria com preços promocionais, sessão de autógrafos incluindo André Vianco e autores das coletâneas, comidinhas e oportunidade para doação de livros.
A entrada é franca, e seres naturais e sobrenaturais de todas as idades serão bem vindos!
Quem não tiver a oportunidade de ir ao lançamento poderá adquirir os livros pela internet, no site da Editora Empíreo: http://editoraempireo.com.br .


 Mais informações:
filipe@editoraempireo.com.br,  (11) 97687-9696
Rua da Chibata, 61. Cj 24B, 05734-100, São Paulo - Brasil

https://www.facebook.com/vampirolivrocolaborativo/
http://editoraempireo.com.br/produto/pre-venda-de-vampiro-um-livro-colaborativo/

http://editoraempireo.com.br/produto/antologia-sombria-org-andre-vianco/

                              bjus amorecos.

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Paredes Vivas ( Resenha )

Boa tardeeeee!
Mais uma resenha aqui para vocês do livro Paredes Vivas da autora Rosa Mattos, aquele livro que ganhei de presente lembram??
Estou numa correria danada, mal estou tendo tempo de publicar as resenhas, mas enfim, vamos que vamos.

Livro: Paredes Vivas
Autora: Rosa Mattos
EditoraDracaena
Nº de págs.:218

SINOPSE:
Paredes Vivas conta a história de Mauren, uma jovem de dezoito anos que, após uma tragédia familiar ocorrida na infância, vê sua vida desmoronar aos poucos com a perda e o afastamento das pessoas que ama. 
Acreditando ser a responsável pela morte do pai e aflita pela doença da mãe, ao completar quinze anos passa a conviver com um espírito, escondido nos desvãos das paredes da casa onde mora. 
Entre o medo de contar a sua mãe sobre seu amigo invisível e o desejo de se livrar da maldição que ela mesma provocou numa brincadeira no cemitério, Mauren se afasta cada vez mais de uma realidade saudável. 
Seu apego pela mãe e o desespero em tentar protegê-la, seus temores, suas angústias e manias, sua felicidade ao descobrir o amor e sua difícil relação com os tios são os focos desta história, que termina com uma revelação surpreendente.


RESENHA:

Tudo se inicia com a morte do pai de Mauren quando ela tinha 8 anos, ele morrera afogado na misteriosa Lagoa dos Barros e após esse desastre , se sentiu culpada por ter incentivado o pai a pescar naquele dia.
Após alguns dias do luto, sua mãe ficou doente e ela ver sua vida desmoronando aos poucos. Ela passa a ter pesadelos horríveis e precisa ser forte para enfrentar o turbilhão de problemas que virão pela frente.

Mauren é uma criança de poucos amigos na escola, porém ela conhece Tobias e Gregor , alunos novatos que logo se tornam seus melhores amigos.

Ela vive sobre os cuidados de Nice , que passa a ser como uma segunda mãe para ela.
Certa noite  Mauren e Tobias fizeram uma brincadeira no cemitério que futuramente lhe causou graves consequências e juntos eles teriam que procurar uma solução para esse mistério.

"É difícil dormir com a cabeça cheia de sombras".


As consequência da brincadeira no cemitério, só aparecem apenas na segunda metade do livro.As fases da personagem vão mudando no decorrer dos capítulos, da infância até chegar a fase adulta.

Uma mistura de suspense com sobrenaturais e um romance super fofo, um livro que te prende até o final e esse final foi surpreendente.

Já li os 2 primeiros livros de Rosa Mattos e o que pude perceber é que seu ponto forte na escrita é o suspense/drama, Rosa gosta de surpreender seus leitores com seus finais inesperados. Como esse foi seu primeiro livro , observei que ela amadureceu muito na escrita do primeiro ao terceiro livro, mas o que tenho como reforço a dizer é que a escrita dela é maravilhosa, ele não enche de linguiça suas histórias e sempre são narrados em primeira pessoa, adoro livros assim, acho que entramos mais em sintonia com o personagem.




Quem já teve a oportunidade de ler o livro da Rosa, sabe bem o que estou dizendo, quem não leu leia, não irá se decepcionar, já li muitos nacionais e dos que li,  nenhuma escrita até agora se assemelha com a dela, ela já é uma das minhas autoras nacionais preferidas no ranking do 1º lugar.
O livro Paredes Vivas está esgotado, mas a novidade é que possivelmente será relançado em 2018.
Mas você pode adquirir o livro em e'book AQUI .

Muito obrigada mais uma vez pelos presentes ( que eu amei ) e por todo o carinho, que você cresça cada dia mais como autora e que venha os próximos livros com histórias surpreendentes.

Você vai longe...

Bjus leitores e bom fim de semana.