segunda-feira, 14 de setembro de 2020

Doce de Lira ( Resenha )

Boa noitee meus docinhos, como vocês estão?
Estou tão sem tempo de atualizar meu bloguito , mas morro de saudades de estar aqui papeando com vocês, trocando ideias e experiências.


Livro:
Doce De Lira
Autora: Renata de Aragão
Editora: Giz Editorial
Nº de págs.: 112
Ano: 2017

SINOPSE:

A poesia não cabe na estante. Ela existe para ser inteiramente livre e transitar de boca em boca: lida, vivida, falada. Quem não gosta de poesia ainda não a conheceu ou simplesmente não soube prová-la. A poesia é doce, irresistivelmente doce na medida exata de cada paladar. Trazida à língua, ela derrete a si e àqueles que a experimentam. Como não se lambuzar? Doce de lira vem e lhe traz poesia à mesa. Sente-se. Sirva-se. Surpreenda-se.


RESENHA:

Bem,  hoje eu trago uma mini resenha desse livro de poesias que como o título já diz, irá adoçar sua alma.
Em tempos difíceis como este que estamos vivendo com tantos noticiários amargos um pouco de "poesia doce" faz bem para a alma.

Nessa doçura de livro temos poesias que falam de família, amor, tempos passados,enfim, de tudo um pouco.
A autora sem medos expõe seus sentimentos mais íntimos  e profundos escancarando a porta do seu coração.

Um dos poemas que mais gostei foi esse:


 
SIGNIFICÂNCIAS

Nem toda flor é rosa
Nem todo azul é céu
Nem todo o texto é prosa
Nem todo doce é mel

Nem todo o espelho é mágico
Nem toda a prece é fé
Nem todo amor é trágico
Nem toda meia é pé

Nem todo pão é trigo
Nem todo pó é sal
Nem todo anjo é amigo
Nem todo o lobo é mau

Mas toda brisa é saudade
Todo o lençol é divã
Todo o soluço é verdade
Toda esperança é manhã


A escrita da autora é muito boa, tenho certeza que alguma poesia irá adoçar a sua alma e os seus dias ficarão mais doces.

A capa não poderia ser outra, combinou bem com o conteúdo e a diagramação também não deixa a desejar. Esse é meu primeiro contato com a Editora Giz editorial.

Se você gostou desse livro, gosta de poesias não deixe de adquirir nesse link aqui: Amazon.
E se não gosta, não custa nada dar uma chance ao gênero.

Bjus doçuras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário, é sempre bom ter você aqui!
Obrigada, volte sempre!