quarta-feira, 19 de julho de 2017

A Guerra Que Salvou a Minha Vida ( Resenha )

Boa tarde leitores lindos, quando vi esse livro no instagram da Darkside Books, foi amor à primeira vista, primeiro pela capa, que está bem a minha cara com essa estampa de tecido e botões, coisa de artesã, e segundo pela sinopse que me cativou profundamente, sabia que não iria me arrepender ao comprá-lo e de fato não me arrependi, já amo de paixão e é meu primeiro livro da Dark, coleção DarkLove.

Título: A guerra Que Salvou a Minha Vida
Autora: Kimberly 
Editora: DarkSide Books
Nº de págs.: 233
Ano: 2017

SINOPSE:

A Guerra que Salvou a Minha Vida” é um daqueles romances que você lê com um nó no peito, sorrisos no rosto e – entre um parágrafo e outro – lagrimas nos olhos. Uma obra sobre as muitas batalhas que precisamos vencer para conquistar nosso lugar no mundo. Ada tem dez anos (ao menos é o que ela acha). A menina nunca saiu de casa, para não envergonhar a mãe na frente dos outros. Da janela, vê o irmão brincar, correr, pular – coisas que qualquer criança sabe fazer. Qualquer criança que não tenha nascido com um “pé torto” como o seu. Trancada num apartamento, Ada cuida da casa e do irmão sozinha, além de ter que escapar dos maus-tratos diários que sofre da mãe. Ainda bem que há uma guerra se aproximando. Os possíveis bombardeios de Hitler são a oportunidade perfeita para Ada e o caçula Jamie deixarem Londres e partirem para o interior, em busca de uma vida melhor. Combinando a ternura de Em Algum Lugar Nas Estrelas, outro título da coleção DarkLove, com a realidade angustiante de O Diário de Anne Frank, A Guerra que Salvou a Minha Vida apresenta uma perspectiva da Segunda Guerra Mundial vista pelos olhos de uma menina que se transforma em refugiada no seu próprio país. Mais uma oportunidade perfeita para emocionar corações de todas as idades e relembrar os valores do companheirismo e da amizade em todos os momentos da nossa vida. Vencedor do Newbery Honor Award, primeiro lugar na lista dos mais vendidos do New York Times e adotado em diversas escolas nos Estados Unidos.
“Dolorosamente adorável.” – The Wall Street Journal


RESENHA:

O livro conta a história de Ada, uma menina de dez anos, que vive com seu irmão Jaime ( de 6 anos) e sua mãe, sendo maltratada pela mesma por ter nascido com um pé torto.
A mãe de ada não aceita a deficiência da filha e por isso á deixa trancada em casa, muita das vezes sem comida e sem acesso a sociedade maltratando-a fisicamente e psicologicamente, enquanto seu irmão pode sair e brincar normalmente.

Graças a Segunda Guerra Mundial, Ada e seu irmão conseguem fugir junto com as crianças evacuadas.
Então, eles conhecem Suzan, uma solteirona sem filhos que mora sozinha e os acolhe.
À parti daí, Ada e Jaime começam à se integrar na sociedade.
Para Jaime estava sendo difícil a nova fase, pois era muito apegado a mãe queria o tempo todo voltar para casa, mas para Ada, estava sendo um alívio viver longe dos maus tratos da mãe, pois lá ela poderia ser livre para sair e andar, mesmo que fossem de muletas.


Os dois estavam conhecendo um mundo novo e coisas que eles  jamais viram, tudo era novidade para eles.
Ada logo se apaixonou por um pônei de Suzan, chamado Manteiga, daí aprendeu a logo a galopar.
Já a paixão de Jaime, eram os aviões que aterrizavam na pista de pouso em frente a casa de Suzan, onde logo fez amizade com os pilotos.

Suzan era uma mulher boa de uma "paciência de Jó", considerando as birras em alguns momentos das duas crianças, e foi muito bacana como os personagens foram amadurecendo durante a trama e aprendendo uns com os outros, principalmente Ada, que chegou insegura, orgulhooooosa, medrosa  e foi aprendendo através de Suzan e da sua própria força de vontade que poderia ser útil, que não era uma imprestável como dizia sua mãe.

Devo confessar que sempre odiei a disciplina de História no Colégio, principalmente quando se tratava de 1ª e 2ª Guerra Mundial, mas depois que passei a ler livros, me apaixonei e já tenho mais de 10 livros nessa temática.
e o que eu mais gostei nesse livro em relação a Guerra é que ele demonstra os cenários de uma forma leve, como no momento dos bombardeios, os aviões, os abrigos sem aquelas cenas fortes que deixam a leitura pesada. Até a própria Ada teve participação ajudando os soldados feridos.


Apesar de ser uma história um pouco triste devido a guerra e os maus tratos , é uma narração com uma linguagem bem humorada da personagem Ada, que me arrancou várias risadas devido a sua pureza e inocência em relação as coisas que ela desconhecia.
Separei alguns quotes para vocês do que estou me referindo:

" Fomos a uma casa de chá, que era um lugar cheio de mesas onde se compravam coisas para comer e beber...
"Senhorita," sussurrei ao me sentar, "por que as mesa tem cobertor?"
"São toalhas de mesa. Para deixá-las mais bonitas."
Ora pensei. Que coisa, vestir as mesas. Que coisa gastar tecidos para vestir as mesas."


"Era como se chamavam os bancos da igreja. Assentos. o Jaime achou a palavra engraçada. passou a semana seguinte inteira tapando o nariz e dizendo " me assento" toda vez que ia se sentar."


" tentei pular a mureta de pedras do pasto do Manteiga...Ele chegou mais perto, então cravou os pés no chão. Ele parou. mas eu continuei. Voei por cima das orelhas dele. Por pouco não dei de cara no muro."

Ada no fundo, no fundo, tinha esperança de operar seu pé e sua mãe aceita-la e ama-la, porém, apesar de ser uma garota determinada, destemida e  forte  tiverem momentos em que foi impossível conter as lágrimas.
Esse livro me tocou profundamente, pois só sabe a dor da rejeição, quem de alguma forma já passou por ela.

A Guerra Que salvou a Minha Vida, um livro onde a Guerra é vista pelos olhos de uma menina de apenas onze anos, uma história de amor, carinho, superação, autoaceitação e construção familiar com um final lindo.

As edições da Dakside Books, são sempre um arraso, e isso faz toda a diferença deixando tudo visivelmente lindo, realmente um convite à colecionadores. Aqui no Brasil, ainda não conheço edições tão lindas quanto as da Dark.






Se gostou da resenha e quer comprar o seu livro da caveirinha, você pode encontrar nos seguintes locais:

Saraiva         Amazon           Submarino         Livraria Cultura

Bjus e até a próxima resenha!!!

19 comentários:

  1. Olá Joyce! Tudo bem??
    Eu amei a forma como você nos demostrou a inocência de Ada! Hoje em dia, muitas pessoas tem preconceitos por causa da deficiência física e mental. Achei lindo a forma como nos mostrou a vida difícil de Ada e seu irmão.
    Obrigada por me proporciona uma resenha maravilhosa! Beijocas do Canção!!

    ResponderExcluir
  2. Oieeeeeee Joyyyyyyyce
    Guria que resenha maravilhosa!
    Estou tipo assim: como????
    Estou louca (muito louca) pra ler esse livro, acho que vou cometer (mais)uma loucura e comprar rsrs ainda mais que vc diz que o livro é um encanto, uma história de superação, de amor e construção familiar, com final lindo <3
    Siiiiiiiiiim os livros da DarkSide são absolutamente perfeitos em sua diagramação, são pequenas obras de arte, recheados de encantamento e delicadeza em cada detalhe.
    E essa temática: a guerra que "salvou" a minha vida é um ponto de vista absolutamente diferente de tudo o que já vi a respeito.
    Aahaaaaaaaaaaahhhhh sua máquina de costura é um porta-joia??????
    Se for tenho um parecido!!!!!
    E já disse que margaridas são algumas das minhas flores favoritas da vida <3
    Bjsssss Jo excelente quinta procê
    Luli

    Café com Leitura na Rede

    ResponderExcluir
  3. Já me encantei pela resenha!! Gosto da 2° Guerra Mundial, esse livro parece ser muito bom, de ter aquele cantinho especial na estante!
    Beijos 🌼
    Jardim de Palavras

    ResponderExcluir
  4. Oi Joyce!
    Que capa linda, que fotos lindas, que resenha linda! Ameiii!

    Beijoooo

    ResponderExcluir
  5. Oii Joy, primeiro quero dizer que as fotos ficaram Maravilhosas!..
    Sem dúvidas essa leitura deve ser emocionante, e impactante. Falar de guerra já é complicado, ainda mais tudo isso associado aos maus tratos e visto através dos olhos de uma criança, mais mesmo em meio a tudo isso é permitido a elas um novo recomeço. Sem dúvidas essa é uma daquelas leituras que impactam e emocionam, que quando acabam deixam aquele sentimento bom. Já anoitei na minha listinha.. quero ler em breve. <3 Beijão
    Fabi

    ResponderExcluir
  6. Que resenha linda. Já quero conhecer Ada e Jaime, suas palavras me encantaram. Amei as fotos com toque de costura. Bjo

    ResponderExcluir
  7. Meninas a para tudoooo! Que resenha maravilhosa é essa!! Não conhecia essa editora ainda. Realmente a diagramação é perfeita. Já quero esse livro pra ontem. Sua resenha me conquistou. Bju

    ResponderExcluir
  8. Genteeee, que linda que essa resenha ficou, preciso urgentemente desse livro, já vi várias resenhas sobre ele, mas confesso que só a sua me conquistou.Amei a maquininha de costura.

    ResponderExcluir
  9. nossa que livro encantador !! amei seu blog me encantei com a forma que descreveu sobre os personagens !! amei!! bjs
    http://unhasdaraquel.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. A capa do livro é linda, a história é emocionante, a sua resenha ficou maravilhosa gostei muito. Fiquei bastante curiosa pelo livro, bjs.

    ResponderExcluir
  11. Oi Joyce, bt!
    Super interessante o livro, tenho certeza que vou amar e chorar kkk
    Já na listinha. Saraiva, me aguarde! kk
    Bjsss amiga e uma semana maravilhosa p/vcs é o que desejo

    ResponderExcluir
  12. Voltei p/desejar uns belíssimos "DIAS DO AMIGO", já que p/mim essa comemoração é diária!
    Mais bjsssssss amiga

    ResponderExcluir
  13. Que maximo esse livro resenha maravilhosa amei,
    tenha uma semana abençoada, obrigado pela visita
    Blog: https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderExcluir
  14. OOi adorei a resenha, ainda não conhecia o livro, mas já tinha visto essa capa linda.
    Beijos boa semana
    www.bellapagina.blogspot.com.br
    Face: Bella Página
    Instagram: Bella Página

    ResponderExcluir
  15. Esse livro deve ser muito emocionante! Sempre que leio resenhas, as pessoas falam bem. Já me indicaram e quero em breve ler :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  16. Esse livro já está na minha wishlist <3 Amei as fotos!

    Beijos,
    Pri
    www.vintagepri.com.br

    ResponderExcluir
  17. Oi, Joyce!

    As minhas também são bem falhadas. Por isso preencher é sempre essencial pra mim! hehehe! Bom, mas aquele kit é mara, viu?! ;D

    A estética do livro é muito bela! E o título também chama a atenção. Já a história parece ser bem delicada. Gostei!

    Ótima quinta!

    Beijo! ^^

    ResponderExcluir
  18. Olá boa tarde, também sou pedagoga, ainda na ativa e amei seu blog. Estou seguindo e com certeza voltarei mais vezes. Convido você a conhecer os meus, se gostar seguir, ficarei grata.Tenha uma tarde feliz e um anoitecer de paz. Abraços da amiga Lourdes Duarte.
    http://filosofandonavidaproflourdes.blogspot.com.br/
    http://professoralourdesduarte.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Quero muito este livro, ele é todo lindo, fiquei apaixonada, a história parece ótima, só escuto coisas boas dele.

    Beijos

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário.
Obrigada, volte sempre!