domingo, 4 de dezembro de 2016

RETROSPECTIVA DOS NACIONAIS 2016 ( TEMPO SECO)




BOM DIA, GENTHE LINDA! QUANDO INICIEI NO BLOG, NÃO SABIA QUE EXISTIA PARCEIRIAS ENTRE AUTORES,DAÍ QUANDO VI NOS IGS, RESOLVI ARRISCAR, SÓ     QUE QUANDO CRIEI, NÃO COLOQUEI DE IMEDIATO A FERRAMENTA SEGUIDORES, PORQUE A LERDINHA AQUI DEMOROU PARA ACHAR ATÉ PESQUISAR NO YOU TUBE E FUÇAR, FUÇAR ,FUÇAR AQUI NO BLOG, POR ESSE MOTIVO O BLOG FICOU UNS 4 MESES SEM A FERRAMENTA , MAS ,ENQUANTO ISSO, EU ESTAVA POSTANDO NORMALMENTE ,PORÉM MUITAS POSTAGENS DE NACIONAIS FICARAM SEM COMENTÁRIOS, POR ESSE MOTIVO ESTOU FAZENDO UMA RETROSPECTIVA DOS NACIONAIS QUE ESTÃO SEM NENHUM COMENTÁRIO.

E PARA INICIAR TRAGO O LIVRO QUE FOI DA MINHA PRIMEIRA PARCERIA : TEMPO SECO


Autora:  Clara Arreguy
Gênero: Romance
Formato: 15,5×22,5 cm
Páginas: 128


SINOPSE:
O livro Tempo Seco, da jornalista Clara Arreguy, é um romance de ficção com flashes do cotidiano, intermediado pelas histórias de taxistas, bons homens, gente que vive em Brasília e espera, sempre, por uma nova vida. Política, traição, violência e amizade, num só lugar.
                                    
Bom, o livro conta a história de Mirian que se mudou de Belo Horizonte para Brasília, sozinha, sem amigos e nem família, conquistou alguns amigos taxistas com quem pegava táxi todos os dias, pois a mesma não dirigia e dependia deles para ir a todos os lugares, já que Brasília é uma cidade que para melhor sobrevivencia, é preciso ter um carro.

Eram  nessas corridas de todo santo dia ,que Mirian ouvia as mais diversas histórias de seus taxistas, sobre política, família, casos amorosos e futebol.
Entre as idas e vindas de taxi, a história da mais ênfase a Nonato e Dorinha, (ambos também não são de Brasília, Nonato é gêmeos, seu irmão gêmeo não sobreviveu, conhecemos sua história do começo, meio e fim, suas lutas, suas conquistas, suas dores, ilusões, desilusões.
Dorinha por sinal, é a vilã da história , ambiciosa, apronta e desapronta com o pobre de Nonato.

O livro relata a realidade de Brasília por meio de uma linguagem de simples compreensão, até mesmo quem não gosta de política, entenderá como já era discutido naquela época o que aconteceria com o  Brasil hoje com o Lula na política, sem deixar de frisar que essas histórias apesar de inventadas  são  o cotiano da vida de muitos  taxitas.
Enfim, é um livro pequeno com 126 paginas,  com histórias e fatos  de pessoas comuns sujeito á violência diária, retratando a realidade do nosso país.


Quando li o livro, em algumas cenas  me imaginei passando por Brasília naquele trânsito infernal, onde ninguem, respeita ninguém, sim já passei muito por Brasília à viagens e conheço bem o clima e trânsito de lá.,sei bem do que a autora está falando em algumas partes que se refere ao lugar.
Adorei a leitura.

Sobre a autora: 
Clara Arreguy é jornalista, escritora, Mineira morando em Brasília.
Escreveu também memórias Fafich( Editora Conceito 2005) e o romance Segunda Divisão Editora Lamparina,2005)


14 comentários:

  1. Que legal, não conhecia essa autora. Gostei da resenha.

    ResponderExcluir
  2. Nossa me parece ser um livro bom, vou anotar aqui, bjus.

    ResponderExcluir
  3. Oieeeeee Joyyyyyyyyce!
    Ooowwwnnnnn não conhecia o livro nem a autora, mas me interessei muito pela leitura.
    Eu nunca estive em Brasília, gostei do plot das histórias dos taxistas, é uma premissa real, do dia a dia, tipo a gente pode ver em qualquer lugar perto de nós.
    Vou anotar na minha lista dos desejados :)

    Huuuuuuuummmm o que é aquela foto com a xícara de café?????? tem até lata de biscoitos!
    E as flores laranjas combinando com a capa do livro???? E os postais???
    Lindaaaaaaaas as fotos <3333
    VC precisa (Precisa!) fazer uma exposição de fotos!!!!
    Ou escrever um livro com foto-imagens!!!!
    Eu sou a primeira a comprar quero autografado e tudo! <3333
    Bjs flor e excelente semana pra ti
    Luli Café com Leitura na Rede

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah , sua linda, adorei a ideia do livro com foto-imagens.
      sabia que é meu sonho?
      Que bom que gostou das fotos e da resenha, bjus.

      Excluir
  4. Que legal sua resenha, adorei, a Luly tem razão, suas fotos são sempre lindas.

    ResponderExcluir
  5. Oi Joyce!!! Olha eu por aqui de novo, rs!
    Primeiro de tudo: simplesmente AMEI a capa desse livro, é tão bonito, dá uma sensação boa... A paisagem, esse tom de laranja pôr-do-Sol com a paisagem em tom de preto, como se tivesse olhado para o Sol e em seguida para ela... perfeita. Junta com suas fotos que eu adoro e tudo fica uito mais bonito. Gostei muito!

    Beijoooo

    ResponderExcluir
  6. Gente, para tudoooo, que blusa é essa? Adorei, amo a minie, e a capa desse livro, muito amor em suas postagens.
    Não conhecia esse livro e nem a autora, mas de cara pela resenha me interessei, já quero, bjus Joycinhaaa.

    ResponderExcluir
  7. Querida Joyce, só hoje vi sua resenha e adorei. Obrigada pela leitura e pelas palavras. Beijão da Clara

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Clara, feliz que gostou das palavras, foi um prazer ler e resenhar seu livro, bjus da Joyce.

      Excluir

Deixe aqui seu comentário.
Obrigada, volte sempre!