sexta-feira, 9 de setembro de 2016

ALICE ATRAVÉS DO ESPELHO E O QUE ELA ENCONTROU POR LÁ ( RESENHA)

Helloooo! Alguém gosta da Alice aí?
Hoje o que trago é uma pequena resenha desse livro, que acredito que a maioria já leu, menos eu rs,rs, atrasadinha como sempre.


SINOPSE:

Em um dia entediante, sentada no sofá e observando sua gatinha brincar com um novelo de lã, Alice fica intrigada ao olhar-se em um espelho e notar que ele refletia sua casa ao contrário.

Ela entra no espelho e mergulha em um universo repleto de novas aventuras, onde o tempo corre de trás para frente e onde ela reencontra personagens já conhecidos, como a Rainha Vermelha e os gêmeos Tweedledum e Tweedledee (de ?Alice no País das Maravilhas?), e conhece novas criaturas estranhas e cativantes.

Em ?Alice Através do Espelho e o Que Ela Encontrou Por Lá?, sonho e realidade se misturam para criar uma narrativa cheia de elementos fantásticos e ao mesmo tempo reais, parodiando os costumes rígidos do período vitoriano inglês em que a obra foi escrita.


Em uma tarde de inverno Alice por não ter nada o que fazer e sem puder sair para fora começa a ficar entediada.
Sentada em uma cadeira ela começa a observar sua gatinha Dinah dar banho em uma de suas filhotinhas, e começa a tagarelar com Dinah, questionando várias coisas.

Alice tem a brilhante ideia de atravessar o espelho e nem imagina o que lhe espera por lá.
Ao chegar no outro mundo, Alice ver flores que falam, caminhos que só se alcançam se forem traçados pelo lado oposto e até um jogo de xadrez.


Mas não é um simples jogo de xadrez de tabuleiro, esse é diferente, como em tudo nas estórias de Alice né, rs,rs, precisa-se percorrer a bordo de um trem com paradas estratégicas, pois Alice sonha em se tornar uma rainha  e dar início à uma nova aventura.
Ela reencontra vários personagens da outra estória "Alice no país das Maravilhas", embora o autor traga perspectivas novas para esses personagens.

Ler Alice é se confrontar com a surrealidade , pois Carroll, sempre joga com as palavras, nesse livro se ver muitas poesias e adivinhações.
Ler Alice é sair do mundo real e entrar de cabeça no surreal, é viver ao lado dessa garotinha que se aventura em tantas coisas malucas em busca do seus sonhos e desejos.

Essa edição da Martin Claret está super fofinha, as ilustrações também estão ótimas.


Por hoje é só, bjus e bom final de semana procês!


10 comentários:

  1. Eu ganhei de aniversário o livro clássico com as duas histórias, mas, ainda não li...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal Cecy, eu já vi esse clássico, ele é lindooo. bjus.

      Excluir
  2. Muito legal, estou louca para ler ♥
    Beijos
    Vou Arrasar

    ResponderExcluir
  3. Oláaa
    Fiquei absolutamente encantada com esse post.
    Ainda não li esse livro, só Alice no País das Maravilhas, o clássico, e amei é claro. Essa dose de encantamento, o surreal, o sonho, a aventura e a história reinventada devem ser o máximo!
    Super amei sua resenha <3
    Bjs Luli
    Excelente fds pra ti

    Café com Leitura na Rede

    ResponderExcluir
  4. Amei a resenha, eu comecei a ler esse livro quando era mais nova, só que nunca cheguei a terminar
    beijos
    lolamantovani.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também tenho alguns livros assim Tay, que falta terminar, rs, rs.

      Excluir
  5. Olá!
    Eu sou fanática pela história de Alice no País das Maravilhas, acho interessante tudo que envolve esse livro!
    Poucas pessoas conhecem sua continuação e acho tão boa quanto a primeira!
    Adorei sua resenha!

    Beijo,beijos
    Aline
    relicariodehistoriasma.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Aline bjinhos...Alice é incrivel mesmo.

      Excluir

Deixe aqui seu comentário.
Obrigada, volte sempre!