quinta-feira, 28 de julho de 2016

CAMINHANDO NA CHUVA ( RESENHA)


Boa noite, vamos conhecer um pouco sobre esse livro : caminhando na chuva.

SINOPSE:

Túlio é um jovem pobre, de descendência alemã, que vive numa pequena cidade do interior do Rio Grande do Sul. Com a literatura na alma e as palavras incrustadas em seu ser, escreve e conta a sua história. Da deliciosa infância, inspirada pelas histórias do avô, Túlio transpassa a adolescência e lembra seus dramas, medos, amores, sonhos, desilusões. Mas a vida de Túlio fica mais difícil mesmo quando se apaixona por Rosana, moça rica e com um pai controlador.

Com uma narrativa informal ,Túlio, um garoto de 20 anos ,descendentes de Alemães, que vivia em Pau D'Arco no Rio grande do Sul, descreve seus acontecimentos sem se preocupar com a organização ou detalhes dos fatos, o que faz o diferencial na sua obra, ele é ele mesmo, sem receios de expressar seus sentimentos ou como expressa-los, o que o deixa meio perdido no início da narrativa.



Escreveu sem se preocupar com críticas.
Durante a narração, ele faz perguntas ao leitor, o que leva a aproximação de leitor e narrador, quando lemos parece que estamos lendo um diário adolescente, sabe aqueles diários que costumávamos escrever na escola?
Nos contos ele fala de sua vida difícil, seus pais eram pobres, porém ele estudava em uma escola de ricos, onde riam e menosprezavam ele até certo momento, Rosana foi o grande amor da sua vida,o primeiro amor de Túlio. 

" Mas, por ser pobre, por não ter o que os outros tinham, passei a ter mais que os que  tinham tudo. Cultura é uma forma de status." 



Túlio adorava caminhar nas ruas em dias de chuva, pois a cidade encontrava_se vazia e sem gente chata para bisbilhotar a vida alheia.
Para quem gosta de um final feliz ou exuberante, não terá nesse livro, pois o autor não fez um final, terminou com uma de suas lembranças caminhando na chuva.
É um livro bem antigo, porém teve essa edição especial de 30 anos. É um livro diferente de todos que já li, por alguns detalhes que já citei aqui. É uma história sem fim.

“Isso tudo que escrevo vem assim, de repente, como se um vulcão tivesse entrado em erupção dentro de mim, a coisa vem desordenada, caótica, sem um rumo definido.”


POR HOJE É SÓ, BEIJOCAS E ATÉ A PRÓXIMA.

13 comentários:

  1. Que angustia esse livro na água, adorei o post.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk, mas por está plastificado, é bom que não molha né, mas confesso que fiquei morrendo de medo de molhar. bjus

      Excluir
  2. Parece ser um livro lindo! Acredita que eu não conhecia ainda?! :(
    Beijos
    BlogCarolNM
    FanPage

    ResponderExcluir
  3. Parece ser um excelente livro, gostamos ♥
    Beijos
    Vou Arrasar

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Não conhecia esse livro e achei a premissa dele um tanto diferente de tudo que já li.
    Gosto dessa aproximação narrador-leitor e esse estilo do livro, onde o Túlio vai narrando sua vida, me agrada bastante.
    Menina, e esse livro na água? Não molhou? Fiquei tenso kkk

    Abraço!
    http://tudoonlinevirtual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Põe diferente nisso, eu nunca li um livro desses, rs,rs, e o livro não molhou não kkkk, estava no plástico Sávio. Abraço!

      Excluir
  5. Amei a resenha, esse livro parece ser muito bom
    Beijos
    lolamantovani.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. fiquei curiosa
    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também fiquei curiosa, mas confesso que esperei um pouco mais do livro Magda, beijocas.

      Excluir
  7. Não conhecia o livro, mas gostei da premissa e mais ainda das fotos! Parabéns!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário.
Obrigada, volte sempre!