domingo, 15 de maio de 2016

RESENHA : ÉRICA


Boa noite gente lindaaa, hoje tem resenha do livro Érica, e o que dizer desse livro: Surpreendente!!! E autora, já entrou para a lista das minhas nacionais favoritas.





Título: Érica
Autor: Larissa Barros Leal
Editora: Novo Século
Páginas: 272
Ano: 2014










sinopse:


Moscou. Dois jovens sobrevivem a um duplo atentado que mata quase todos os seus amigos. Cairo. Uma ONG islâmica tenta escapar de uma armadilha, arquitetada por integrantes da Ordem das Doze Tribos de Israel. Washington. Na sede da Ordem, a filha de um funcionário da Casa Branca cai em ciladas para que seu pai colabore com os radicais. Pequim. Um filho procura o pai, há meses desaparecido. Fortaleza. Em uma triste manhã, Érica encontra seus pais mortos... Nessa incrível trama, todas essas histórias se entrelaçam de forma impressionante. E somente Érica, que acaba de descobrir que foi incluída em uma lista negra da Ordem das Doze Tribos de Israel, poderá impedir uma grande desgraça planejada por judeus fundamentalistas, prestes a atingir a todos.


O livro relata alguns fatos históricos contra os Judeus e  na primeira parte da trama somos apresentados a vários personagens de diferentes lugares do planeta.
A trama se inicia no momento atual,(2015) onde atentados terroristas vêm acontecendo ao redor do mundo, inclusive no Brasil, a presidente Dilma renuncia a presidência alegando uma grave doença e seu vice presidente não assume, gerando então uma nova eleição.

Enquanto isso...
Na Alemanha Arnold, comanda a Europol treinando e preparando seus agentes desde infância e adolescência. 

Em Fortaleza Érica, uma adolescente que após o assassinato de seus pais, logo após sua festa de debutante de 15 anos é convidada a fazer parte da Europol.

Em Moscou  Ivan  e sua amiga Kátia sobreviveram a um duplo atentado terrorista no metrô e em uma boate.

Em Washington, Natalie e seus amigos foram sequestrados para que seu pai, um importantissimo funcionário da Casa Branca colaborasse dando algumas informações para os radicais , informações essas que seriam muito valiosas. 

Em Pequim, o jovem Chan sofre com o vício do cigarro devido ao sumiço  de seu pai, acreditando ele ter sido suícidio, mas revelações bombasticas estão prestes a serem esclarecidas sobre o caso.

No Cairo, uma ONG se alia com a Ordem das Doze Tribos de Israel, sem saber qual é a real intenção deles nessa aliança.

A narrativa do livro é em terceira pessoa.No início me senti um pouco pedida com tanta informação, mas no decorrer do livro nos acostumamos com todos os personagens e cenas. 

A trama se inicia no momento atual,(2015) onde atentados terroristas vêm acontecendo ao redor do mundo, inclusive no Brasil, a presidente Dilma renuncia a presidência alegando uma grave doença e seu vice presidente não assume, gerando então uma nova eleição.


Na segunda parte da trama eu já estava mais que envolvida com todos os personagens e cenas e era quase impossível largar o livro quando as estórias começam a se desvendar.
A trama é surpreendente, a autora soube bem desenrolar,início ,meio e fim ,confesso que eu senti falta da protagonista do livro e me perguntei porque ela mal aparecia no livro, (mas no final tive a resposta para minha pergunta), pois é um final ao qual o leitor não espera, não é um livro clichê , onde você já sabe o final, não e não , o final desse livro é de se surpreender, algo que você nem imagina.
A autora está de parabéns, fiquei realmente impressionada como uma jovem de 15 anos escreve uma trama dessas, essa menina tem um futuro brilhante pela frente. Nota 1000 para ela.



Sobre a Autora: 





Larissa começou a mostrar sua criatividade desde criança. Escreveu seu livro de estreia, "Érica", entre os 15 e os 17 anos de idade.

CLIQUE :



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.
Obrigada, volte sempre!