sábado, 9 de junho de 2018

COMUNICADO ( MUDANDO DE CASA )

BOA NOITE MEUS AMORES PASSANDO RAPIDINHO PARA COMUNICAR QUE IREI MUDAR DE CASA.
GRAÇAS A DEUS UM GRANDE SONHO REALIZADO.
A DA CASA PRÓPRIA , ENTÃO FICAREI AUSENTE POR UM TEMPO POR FALTA IMEDIATA DE INTERNET E TAMBÉM PARA ARRUMAR A BAGUNÇA QUE É MUITOOO GRANDE VIU.



 ME ESPEREM, VOLTO LOGO, PARA VISITAR OS BLOGUITOS, MAS JÁ ESTOU COM SAUDADES.



BJUS CARINHOSOS , JOYCE.

sexta-feira, 1 de junho de 2018

Uma Chance Para Recomeçar ( Resenha ) Diana Scarpine

Boa tarde lindos e lindas.
Vamos de um belo romance hoje?!?!
O livro de hoje fala de uma linda história onde o amor enfrenta todas as barreiras do preconceito.
Vamos conferir?

Título: Uma Chance Para Recomeçar
Autora: Diana Scarpine
Editora: Pandorga
Nº de págs.: 432

SINOPSE:

Carina é uma workaholic rica e bem-sucedida cuja vida se resume ao trabalho. Afogada em estresse, ela não se importa com a solidão que habita seu coração, pois o amor nunca foi uma das suas prioridades, até que algo inusitado acontece. Repentinamente, ela se vê privada do trabalho e deseja aplacar a solidão que a consome, principalmente quando conhece Aurélio, que a trata de uma forma diferente da qual ela está acostumada. Consumido pela tragédia que vitimou sua família e deixou-lhe sequelas físicas e emocionais, Aurélio não quer nada além de se afundar cada vez mais na dor e na culpa que sente. Suas certezas começam a ficar abaladas à medida que Carina se aproxima cada vez mais dele. Quantos obstáculos precisam ser vencidos para recomeçar? O amor é capaz de vencer as amarras do passado e o preconceito?

RESENHA:

Nossa principal protagonista é Carina, uma jovem de 32 anos considerada uma workaholic por trabalhar demais, as consequências de tanto trabalho foi uma paralisia facial desencadeada através de tanto stress.

Carina preocupada com seu rosto , com medo de nunca mais ser uma pessoa normal, logo procura fazer fisioterapia e é nessa clínica que ela coincidentemente conhece Aurélio.
Aurélio é massagista e por sua vez também tem uma deficiência . Por causa de toda tragédia que aconteceu em sua vida, tornou-se um homem amargo carregando uma culpa que não era dele.

“Eu estava preso em uma espécie de limbo cheio de dor e culpa, e você me libertou! Você devolveu-me a felicidade!” 

Os dois logo se apaixonam , mas algumas coisas acabam sendo empecilhos para uma aproximação maior. Aurélio movido pelo próprio preconceito de si mesmo, com palavras rudes acaba afastando Carina que está completamente apaixonada por ele.


Nessas idas e vindas, nesse altos e baixos Carina teve um pequeno envolvimento com Lucas, deixando ainda Aurélio ainda mais confuso, mas que foi relativamente necessário para que ambos soubessem realmente o que estavam sentindo um pelo outro.

Quando os dois se acertam, o pai resolve deserdar Carina pelo preconceito de que a filha merece algo melhor, deixando-a desempregada , é onde acontece uma aproximação maior entre o casal. Mas como na maioria dos  casais na vida real, e como nem tudo na vida são flores, eles também tem seus altos e baixos e vivem como cão e gato.

E aí, será que Carina vai conseguir se restabelecer depois de ter sido deserdada?
Será que vai passar por cima de todo o preconceito familiar e ficar com Aurélio?  Será que juntos eles irão vencer seus medos e traumas? Leiam, sintam e vejam  como essa história irá acabar.

“Eu sempre acreditei na beleza interior, sempre achei que essa é a beleza verdadeira, pois ela é permanente e pode se tornar ainda maior."

A diagramação do livro está linda, a mesma enviou marcador também, juntamente autografado carinhosamente. É tão bom né quando o autor se preocupa em deixar um autografo fofo, iniciamos a leitura mais animada rs.




A escrita de Diana é totalmente delicada, os personagens são fortes, cada um com seus conflitos interiores. Uma trama bem desenvolvida e que nos fazem parar e refletir como é difícil a vida de quem tem alguma deficiência , deficiência essa que acaba gerando conflitos internos bem complexos de se resolverem.

Outro fato que achei bem bacana é que ela descreve alguns pontos da  cidade de Jequié, que é uma cidade vizinha da minha , ( não tão vizinha rs, são + ou - 90 km) e que vou lá praticamente todos os meses, ah e compro livros lá também na Americanas super baratinhos. Então eu gostei muito , pois Jequié é um lugar que adoro passear, apesar de ser muito quente como maceió minha Terra natal.

Uma história emocionante, onde aborda o preconceito, autoestima, autoaceitação, o perdão, conflitos internos e principalmente novas chances e novos recomeços.


Leiam e se emocionem.

Onde comprar o livro: Na saraivana Amazon físico ou em e'book.

Ah, eu aproveito e deixo também registrada aqui a sinopse da outra obra de Diana Scarpine, onde já tive relato de seguidor que já leu e amou o livro.

SINOPSE: Carol é uma mulher insegura e preconceituosa, que tem um relacionamento virtual com Henri, um homem forte e independente, que enfrenta as adversidades que a vida lhe impõe. Aparentemente apaixonados, embora nunca tenham se visto pessoalmente, eles anseiam transpor o namoro virtual para o real, mas o tão sonhado primeiro encontro não acontece como planejaram e eles rompem o relacionamento. Por mais que tentem se manter afastados, os destinos de Henri e Carol foram irremediavelmente entrelaçados e seus corações, unidos pelo amor, mas implacavelmente afastados pelo preconceito. O amor será capaz de vencer esse profundo e intenso embate contra o preconceito? Ou o preconceito será capaz de subjugar o amor presente no coração de uma mulher?



VOCÊ ENCONTRA  ENTRELACE ELE EM E-BOOK AQUI .

Bjus e até a próxima resenha.

terça-feira, 29 de maio de 2018

Comunhão ( Resenha )

Bom tarde amores, hoje trago a resenha de um livro muito lindo.
É um livro de crônicas, mas já vou avisando que não é aquelas crônicas chatas, cheia de " achismos" e sim um conjunto de textos muitos singelos.

Título: Comunhão
Autores: Getulino do Espírito Santo Maciel e
Maria de Lourdes Camelo
Editora: Scortecci


SINOPSE:

As crônicas de Getulino e Lourdes têm cheiro e sabor. Cheiro bom como o que se derramava dos doces que a preta simples e sábia preparava. Aquela mesma preta que (trecho delicioso!) “passou pela vida sem luxos, não usou rouge, não ganhou abraços”. Cheiro marcante como o “cheiro de mantimento, misturado com cachaça e fumo de rolo” da venda do avô de Lourdes. O leitor embriagou-se? Ainda não? Então aprecie, com Getulino, a visão de “mãos ágeis mexendo tachos fumegantes e cheirosos de cravo e canela de doces de goiaba, limão vermelho, cidra, mamão ou cozinhando milhos verdes e embrulhando cuidadosas pamonhas de indeléveis aromas”.

RESENHA:

Sabe aquele livro que te leva ao passado e até mesmo a infância?
Pois bem, é assim mesmo nesse livro, somos convidados à mergulhar junto com os autores Getulino e Maria de Lourdes no mais profundo lugarzinho da nossa memória e resgatar os momentos mais doces que já vivenciamos.
Foi assim que me senti ao ler esse livro, viajando a um passado muito distante, despertando minha memória afetiva.


Cada crônica é escrita com muita doçura e suavidade.
Dá para ver que os autores escrevem com a alma, um dom que é dado à poucos.

As crônicas falam de sentimentos como amor, família, viagens, vizinhos que marcaram, comidas, sim, aquelas comidinhas feitas com amor por pessoas especiais e que jamais esqueceremos.
Eu gostei de todas as crônicas, é impossível dizer que gostei apenas de algumas.

Esse não é um livro de crônicas com assuntos chatos do dia a dia, mas um livro repleto de lembranças dos bons tempos , de um tempo de muito amor, sem violência, onde a rotina das rodas de conversas na rua era constante, onde as crianças realmente eram crianças e brincavam sem medo nas ruas.


As crônicas são divididas em duas partes, onde a primeira são textos da Maria de Lourdes e a segunda parte os textos são de Getulino.
E todas as pequenas histórias se juntam formando praticamente uma leitura gostosa de ler.

De forma geral, este pequeno livro é agradável e vai lhe proporcionar horas muito gratificantes de boas lembranças. A capa do livro está linda, a editora caprichou e tem tudo a ver com as crônicas.

Mergulhem vocês também nessa literatura tão saborosa com gostinho de quero mais e sinta através da sua imaginação o cheirinho das deliciosas comidas que citadas aqui estão.
Esse livro já se tornou o meu favorito de Crônicas. E mais uma vez acertei na minha escolha.
Obrigada aos autores queridos, Sr. Getulino e dona Maria de Lourdes, por proporcionar à nós leitores uma leitura tão maravilhosa como essa.


Mais que recomendo . O livro está à venda na Livraria Asabeça, ou você pode entrar em contato com os autores pelo e'mail louget@uol.com.br.

Bjus meus amores e até o próximo post.

terça-feira, 22 de maio de 2018

O Fio da Meada ( Resenha ) Angela Drumond

Olá meus leitores queridos, boa tarde.
Recentemente recebi esse livro da autora Angela Drumond.

Título : Fio Da Meada
Autora: Angela Drumond
Editora: Adelante
Nº de págs.: 244

Fio da Meada é um livro que fala da Economia Brasileira, e como a autora mesmo diz, não é um livro que tem a pretensão de ser uma análise econômica nem muito menos um panfleto político e sim um ponto de vista de quem acompanha e participa da história do Brasil e que ainda está tentando decifrá-la, para explicar para filhos e futuramente netos o Brasil como ele é .

 SINOPSE:

Uma mulher, 12 homens e muitos segredos fazem a história econômica dos primeiros 21 anos da democracia brasileira pós-golpe de 1964. De Dílson Funaro, empossado em 26 de agosto de 1985, a Antônio Palocci, que saiu em julho de 2006, foram 13 ministros com poderes especiais à frente do Ministério da Fazenda/Economia do Brasil, e seis moedas: Cruzeiro (Cr$), Cruzado (Cz$), Cruzado Novo (NCz$), Cruzeiro (Cr$) novamente, Cruzeiro Real (CR$) e Real (R$).
Esses ministros foram protagonistas da história econômica brasileira naquelas décadas de intenso aprendizado. Para o bem ou para o mal, o que fizeram, entre os últimos 15 anos do século 20 e os primeiros seis do século 21 não devem ser esquecidos. E apesar das disposições em contrário, a vontade de acertar foi o ponto em comum aos equívocos de todos eles.


RESENHA:

Bem gente, eu não entendo muito de política , muito menos de economia, só o mínimo dos mínimos , então desconsidere qualquer "gafe" nessa resenha.

O livro aborda a história política de 12 homens e apenas 1 mulher, e claro, muitos segredos .
Todos eles fizeram parte da história dos primeiros 21 anos do que chamamos "democracia brasileira pós- golpe 1964."

Cada um dos ministros citados aqui foram os protagonizadores da história econômica no Brasil.
E autora frisa a carreira econômica e política de cada um deles.

Luiz Carlos Bresser Pereira   ( João Antônio e Maria ) intitulado assim por explicar o conceito de inflação inercial como se fosse um conto infantil.

Maílson Ferreira de Nóbrega   ( Arroz com feijão ) Se deu o nome feijão com arroz ou vice e versa , por ele não fazer absolutamente nada demais do que já haviam feito os seus antecessores, apenas uns "ajustes" para evitar a hiperinflação, mas mesmo assim não deu certo.


Essa parte do arroz com feijão a autora caprichou na ironia em suas palavras deixando a obra mais leve e engraçada.

Zélia Maria Cardoso de Mello  ( Escolinha do Professor Raimundo ) A ministra da fazenda conhecida como "czarina da economia",  Escolinha do Professor Raimundo se deu pelo fato de sua participação especial na Escolinha , onde mas tarde casou-se com Chico Anísio.

Enfim gente, como vocês podem ver, cada mandado  foi intitulado com um "apelido engraçado", tiveram muitos outros como Dois meses, duas semanas, República do Pão de Queijo, e tudo é explicado o por quê de receberem esses apelidos.

Um livro muito bem detalhado, explicando direitinho sobre as inflações, seus altos e baixos, fala também sobre o dinheiro brasileiro e sua duração, desde o cruzeiro até o nosso atual real, e além disso,  a autora procura transpassar de uma maneira  coerente o caminho que cada um desses personagens percorreram , sejam eles bons ou ruins, e as consequências que todo  esse processo " percorrido ", digamos assim, causou em nosso país.


Achei que a leitura desse livro seria ruim, por se tratar de um assunto que não domino e não curto muito, mas me enganei, foi uma leitura muito boa, da qual aprendi muitas coisas, e onde se há aprendizado há também um tesouro chamado conhecimento que se leva por toda a vida.

Agradeço a autora a oportunidade e a confiança e super recomendo o livro , principalmente aos que fazem economia, aos que gostam de política e aos Pedagogos também, com esse livro vocês professores podem elaborar vários temas em suas aulas em diversas disciplinas e tenho certeza que será uma aula riquíssima em conteúdos.

Onde comprar: Na  Livraria da Gulliver, na Cia dos Livros, na Americanas , Saraiva  ou compre também  na Amazon,  lembrando que essa já é a segunda edição.

Bjus e até a próxima resenha.
   Ah, minha modelinho Shelby roubando parte do cenário de novo rs.

sexta-feira, 18 de maio de 2018

Travessia Dos Fortes ( Resenha )

Olá meus amores, boa tarde, finalzinho de semana chegando hein, aow coisa boa.
A resenha de hoje é sobre um livro bem diferente.
Travessia dos Fortes publicado pela Scortecci Editora.

Título: Travessia dos Fortes
Autora: Cicera Sousa
Nº de págs.: 304
Editora : Scortecci

SINOPSE:

Travessia dos Fortes é mais uma intrigante narrativa marcada por um grande suspense que envolve Paloma, mulher que aceita o desafio de transpassar uma travessia que somente pessoas muito resistentes conseguem atravessar. É um grande enigma no submundo dos mortos e vivos que conduz a um desfecho de tirar o fôlego. Seres do sobrenatural do bem e do mal levam ao Apocalipse em que a mulher vestida de sol surge com toda força e garra e, no meio de todo este caos, uma paixão toma conta da personagem protagonista. Será que este amor é capaz de redimir a alma humana? Ou seria apenas um delírio? Só os fortes poderão encontrar as respostas certas. 
         Adelmo da Silva. Professor de Língua Portuguesa e Literatura.

RESENHA:


Como falei no início esse é um livro diferente, pois aborda os acontecimentos que levarão o mundo ao Apocalipse.
Não vou entrar em muitos detalhes da história, pois acabarei dando spoilers .

Temos como personagem principal Paloma, solteira, vive com os pais e uma irmã , trabalha em uma pousada.
A primeira parte da história se inicia com um passeio onde paloma é responsável por levar um grupo de turistas para conhecerem os pontos turísticos da cidade e nesse dia em especial estavam indo conhecer uma cachoeira muito famosa do local.

É na volta para casa , que Paloma tem sua primeira visão. Ela ver 3 anjos, anjos esses que começam a revelar fatos que irão acontecer futuramente, esclarecendo melhor para vocês, eles revelam o apocalipse.  

A forma como Paloma descreve tudo, das vestimentas dos anjos até sua ida ao inferno é bem detalhada, e isso vai se decorrendo em outras partes da história.


As visões acontecem como se a personagem estivesse em transe e daí  uma luta entre o bem e o mal é travada onde cabe somente aos fortes essa travessia. Coisas que acontecerão, coisas que já estão acontecendo, relacionado ao Apocalipse é o que vemos nessa obra, então se prepara leitor, porque é uma surpresa atrás da outra.

Sobre a personagem, ela é muito divertida, no começo achei que não iria gostar dela, mas no segundo capítulo em diante, comecei a me divertir com ela e sua simplicidade, Paloma é uma daquelas personagens maluquinhas inesquecíveis.
Os personagens secundários  também tiveram seus momentos marcantes.

Vou encerrar a resenha falando um pouco sobre a escrita da autora. A escrita da Cicera é simples, onde ela não se preocupou em colocar em sua história termos difíceis. O que vemos é que ela foi ela mesma, usando sua própria linguagem, com repetições de palavras e com vícios de linguagem da sua própria região.
E isso eu achei bem bacana, porque tornou um diferencial em relação à outras obras nacionais.


Acho que quando o autor se preocupa demais em trazer para dentro de sua obra palavras muito desconhecidas, torna a obra um pouco chata, por um lado é bom porque conhecemos novas palavras, enriquecendo nosso vocabulário, mas por outro lado é cansativo porque temos que parar o tempo todo para recorrer a um dicionário ou ao tio google tentando encontrar o significado e a obra fica mas parecendo uma cópia de um dicionário ou de um livro qualquer que não seja sua autoria.

Bom, o livro é uma mistura de fantasia com realidade com uma dose de humor e um pouquinho de romance  e que deu super certo.
A Capa está super fofa e foi ilustrada pela própria autora que também é Artista Plástica.

Se você leitor ainda não teve a oportunidade de ler o livro de Apocalipse, eis aí uma oportunidade que irá ajudar você a entender algumas partes que para alguns são enigmas.

Independentemente de religião, esse livro me fez abrir os olhos para algumas coisas que eu já havia esquecido, super recomendo essa leitura.

E aí vamos atravessar juntos?
Onde Comprar: LIVRARIA ASABEÇA , SUBMARINOSHOPTIMELIVRARIA DA TRAVESSA.